top of page

CAMPANHA CONSCIENTIZAÇÃO NOVEMBRO AZUL | 2021

Atualizado: 11 de ago. de 2022


NOVEMBRO AZUL

NOVEMBRO AZUL: PORQUE PRECISAMOS ALERTAR OSHOMENS SOBRE A PREVENÇÃO PARA EVITAR O CÂNCER DE PRÓSTATA?

O Sedin, entendendo a importância da prevenção, aproveita essa ocasião para conscientizar nossos companheiros, higienizar as partes íntimas é fundamental para prevenir a doença. Novembro Azul é um movimento mundial que tem como objetivo alertar sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata, tumor mais comum que atinge os homens e pelas estatísticas este ano serão diagnosticados mais de 65 mil novos casos de câncer de próstata, deste número é previsto que ocorra 10% de mortalidade em 5 anos. Lembrando que quando detectado precocemente a doença tem 90% de chances de cura, segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer).

No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer depróstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer(Inca).

O que é o câncer de próstata?

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens. A taxa de incidência é maior nos países desenvolvidos em comparação aos países em desenvolvimento. A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. Mais do que qualquer outro tipo, é considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de 75% dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos.

Alguns desses tumores podem crescer de forma rápida, espalhando-se para outros órgãos e podendo levar à morte.

Sintomas do câncer de próstata

Na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas e quando alguns sinais começam a aparecer, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura.

Na fase avançada, os sintomas são:

• dor óssea; • dores ao urinar; • vontade de urinar com frequência; • presença de sangue na urina e/ou

Fatores de risco

• histórico familiar de câncer de próstata: pai, irmão e tio; • raça: homens negros sofrem maior incidência deste tipo de câncer; Exames para detectar câncer de próstata A maior parte dos casos de câncer de próstata costuma aparecer após os 55 anos. A orientação é que, após uma primeira avaliação com o médico, define-se quando é recomendado iniciar e repetir os exames —como o de toque retal e o PSA.

Quem tem um histórico do tumor na família, por sua vez, precisa começar a fazer esse check-up antes, aos 45 anos, e voltar ao consultório uma vez por ano para continuar o acompanhamento. Outra doença que atinge os homens é o câncer de pênis, nos quais são amputados 1.600 pênis por ano no Brasil, em consequência da falta de higiene. Infelizmente, a falta de informação, a dificuldade em obter atendimento e a vergonha fazem com que muitos homens só busquem o médico quando a doença está avançada. Estudos indicam que isso ocorre em até 50% dos casos.

O que é o câncer de pênis?

O câncer de pênis é um tumor raro, com maior incidência em homens a partir dos 50 anos, embora possa atingir também os mais jovens. No Brasil, esse tipo de tumor representa 2% de todos os tipos de câncer que atingem o homem, sendo mais frequente nas regiões Norte e Nordeste. A falta de higiene é a maior causa evitável. Homens com fimose ou mesmo que não passaram pela circuncisão, processo que remove o prepúcio, estão mais vulneráveis a esse acúmulo, porque a pelinha dificulta a limpeza. Outro fator de risco são as infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), principalmente o HPV. Em estudos, notou-se que o vírus costuma aparecer junto com esse tumor. A doença é mais comum depois dos 50 anos.

Sintomas do câncer de pênis:

A manifestação mais comum é uma ferida ou úlcera persistente, ou também uma tumoração localizada na glande, prepúcio ou corpo do pênis. A presença de um desses sinais, associados a uma secreção branca (esmegma), pode ser um indicativo de câncer no pênis. Nesses casos, é necessário consultar um especialista.

Companheiros cuidem da sua saúde e se identificar um destes sintomas, procure um médico, lembrando que se detectado com antecedência, as chances de cura são de 90% dos casos.

Saiba mais: 

Instituto Nacional de Câncer:  https://www.inca.gov.br/

Lado a Lado Pela Vida: https://ladoaladopelavida.org.br

Fonte: https://saude.abril.com.br/

4 visualizações0 comentário
bottom of page